AZEVEDO, João Lisboa de

Natural de Porto Alegre (RS) 1893 -1984. Formou-se na Faculdade de Medicina de Porto Alegre em 1919 com a tese “O tono vago-sympathico na demencia precoce”. Foi interno das clínicas oftalmológicas e trabalhou, posteriormente, por mais de 50 anos na Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre. Em 1923, foi nomeado professor assistente de Clínica Propedêutica Médica da Faculdade de Medicina de Porto Alegre. Em 1927 foi secretário da Sociedade de Medicina de Porto Alegre, e, foi redator da Revista da instituição de 1934-1939. Exerceu o cargo de presidente do Simers, em 1933. Em 1973, a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre prestou-lhe uma homenagem: a Enfermaria 35 de Clínica Médica passou a chamar-se Enfermaria João Lisbôa de Azevedo. É patrono da cadeira 39 da Academia Sul-Rio-Grandense de Medicina.

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943. p. 482.

Aviso de Privacidade

O Simers utiliza cookies e tecnologias semelhantes, como explicado em nossa Política de Privacidade, para melhorar a experiência de usuário. Ao navegar por nosso conteúdo, o usuário aceita tais condições.

Ver Política
;