MENDES, Clemente Dutra de Argollo

Natural de Porto Alegre, 13 de dez. de 1904 - 1975. Fez seus estudos iniciais no Ginásio Júlio de Castilhos em Porto Alegre (RS). Formou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina de Porto Alegre em 1931, defendendo a tese: “Contribuição do Estudo da Reação de Dujanic, de la Rievière e Galliand”. Desempenhou, em Porto Alegre, as funções de médico do Departamento Estadual de Saúde e de assistente da 11ª Enfermaria e ambulatório da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre (RS). Exerceu a função de interno da Cadeira de Clínica Cirúrgica e integrou o Serviço de Profilaxia da lepra e doenças venéreas do Departamento Nacional de Saúde Pública. Em 1930 ingressou no serviço público como médico da Diretoria de Higiene. Em Pelotas (RS), juntamente com Mário Meneghetti, chefiou o Instituto de Pesquisas Biológicas, iniciando no RS a fabricação da Penicilina. Casou-se com Elvira Argollo, de cujo matrimônio tem duas filhas de nome Lenita e Ivone.

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943. p. 480.

https://www.ufrgs.br/famed/index.php/informacoes-academico-medicina/formados/72-decada-de-1930

;