MEYER, Ivo Corrêa

Natural de Uruguaiana (RS), 14 de junho de 1889 - 1970. Filho de Emílio Adolpho Meyer (farmacêutico) e Vicencia Corrêa Meyer. Fez seus estudos primários em Santana do Livramento, nos colégios de D. Dolores Alcaraz, Emílio Boeckel e dos irmãos Maristas, e os secundários no Rio de Janeiro, no Colégio Alfredo Gomes e no Curso Maurell da Silva. Formou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro em 1923, com tese sobre “as injeções de leite nas afecções oculares”. Ex-interno da 2ª Enfermaria da Santa Casa do Rio de Janeiro, sob a direção do Professor Rocha Faria, especializou-se na área de oftalmologia. Concursado como Professor Catedrático em 13 de junho de 1932, na Faculdade de Medicina de Porto Alegre. Desempenhou as funções de médico-chefe de serviço da Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre. Foi presidente da Comissão Organizadora da Faculdade Católica de Medicina de Porto Alegre, tendo sido seu 1º Diretor em 1961. Foi representante oficial do Brasil no 3º Congresso Argentino de Oftalmologia. Recebeu 41 distinções, entre elas, de sócio honorário das sociedades de oftalmologia da Bahia, de São Paulo, da Sociedade Brasileira de Oftalmologia e do Instituto Brasileiro de Oftalmologia e Prevenção da Cegueira, tendo recebido o diploma de Irmão da irmandade da Santa Casa de Porto Alegre. Além disso, foi presidente de honra no 10º Congresso Brasileiro de Oftalmologia, em julho de 1958, em Poços de Caldas. Aposentou-se em 1966 no Magistério Superior. Em 1969, recebeu o título de Membro da Ordem Nacional do Mérito, conferida pelo Presidente da República. Neste mesmo ano, presidiu o Congresso Brasileiro de Oftalmologia realizado em Porto Alegre. Casou-se em 24 de março de 1926, com Aracy Mendes. Teve oito filhos, entre eles Rivadávia e Paulo seguiram a carreira de Medicina.

FRANCO, Álvaro; RAMOS, Sinhorinha Maria. Panteão Médico Riograndense: síntese cultural e histórica. São Paulo: Ramos e Franco Editores, 1943, p.498.

;